Dicas para a pesca de Tucunarés na Amazônia – Molinete X Carretilha

agosto 21, 2020 4:18 pm

Estamos desenvolvendo uma série de dicas para a pesca do tucunaré na Amazônia.

Principais pontos a serem desenvolvidos são:

  • Introdução da pesca esportiva na Amazônia e foco no Tucunaré
  • Material de pesca:
    1. Carretilha ou Molinete, qual o melhor ?
    2. Varas, especificações das varas para  pesca na Amazônia.
    3. Linhas. tipos e capacidade das linhas
    4. Iscas artificiais
  • Principais Nós: de emenda e de terminais.
  • Vestuários e Acessórios para usar na região.
  • Dicas de Saúde, Cuidados e Proteção, com Dr Fábio Pizzo
  • Check-List Básico

 

Introdução:

A Amazônia é o viveiro da maior quantidade de peixes de água doce do mundo.
Nela vivem desde gigantes bagres (catfishs) até o maior peixe de escamas do mundo, o Pirarucu.
Dentre os peixes de escamas, o tucunaré é mundialmente conhecido e um troféu para muitos pescadores esportivos.
Há vários tipos de tucunarés, mas o tucunaré-açu é considerado o troféu principal devido ao seu porte.
O tucunaré é um peixe escamoso de médio porte com comprimentos entre 30 centímetros e 1 metro. Todos apresentam como característica um ocelo redondo no pedúnculo caudal e são peixes ósseos.
Os tucunarés são sedentários e vivem em lagos, lagoas, rios e estuários, preferindo zonas de águas lentas ou paradas; nessas águas se refugiam entre galhos ou troncos caídos de arvores, plantas flutuantes e outras estruturas submersas , lá aguardam as suas presas e esses locais são os obstáculos que os pescadores devem saber enfrentar em seus arremessos.

  • Precisão nos arremessos é um fator fundamental
  • Alongamento e Treino da musculatura evitam problemas físicos
  • Equipamentos equilibrados ajudam nesse trabalho

Tucunarés são peixes diurnos que se alimentam de peixes pequenos, pequenos crustáceos e qualquer coisa que se movimenta, como as iscas artificiais.
Os tucunarés perseguem a sua presa até conseguir o sucesso e ai está a grande beleza e emoção ao tentar fisgar um deste peixe.
Constantemente percebemos o seu ataque voraz quando pescamos com iscas artificias; muitas vezes ele se desloca mais de três metros na superfície para atingir a isca, uma explosão fantástica que acelera o nosso coração – isso não é para fracos!
Na época de reprodução formam casais que partilham a responsabilidade de proteger o ninho, ovos e juvenis.

Dicas para a Pesca de Tucunarés na Amazônia – Parte I:

  • Carretilha ou Molinete, qual equipamento é o mais adequado?

 

 

  • – Vantagem do uso das carretilhas em função da:
    • Precisão nos arremessos com as iscas artificiais,
    • Força na tração,
    • Regulagem dos equipamentos: freios e para arremesso
    • Quantidade de arremessos por dia de pescaria
    • Modelos sugeridos de carretilhas:
      • Perfil baixo
      • Peso médio-leve (#200)
      • Capacidade de linha 80 metros
  • Modelos sugeridos de Molinetes:
      • Modelo  2000 ou 2500
      • Peso Médio-Leve
      • Capacidade de linha – 80 metros

Perguntas?

Faça sua pergunta. Teremos prazer em responder!

1 Comentário

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *